Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Simplesmente Viajar

Blog pessoal de viagens

Simplesmente Viajar

Blog pessoal de viagens

A Croácia está na moda

14.08.18 | Simplesmente Viajar

Depois de largos anos de violentos conflitos entre Croatas e Sérvios, apenas nos anos 90 a Croácia conseguiu a sua independência. Independência essa ainda um pouco frágil no início, uma vez que terão sido violados vários cessar-fogos e onde foi necessária a intervenção da Organização das Nações Unidas.

A Croácia fez o pedido de adesão à União Europeia em 2003 e apenas a 1 de Julho de 2013 este país tornou-se seu estado membro.

A Croácia está na moda! Nos últimos 15 anos a Croácia viu duplicar o número de turistas anuais, tendo sido o turismo um dos principais motores a reerguer a economia croata. 18% do PIB já depende dos turistas. Este é um país com mais de mil ilhas, com uma costa banhada por mar azul cristalino e lindas cidades medievais património da UNESCO. Os argumentos para visitar este país, são assim, mais do que muitos.

IMG_2539.JPG

COMO IR

Quer a TAP quer a CROATIA Airlines já tem voos diretos Lisboa-Zagreb com uma duração de voo de cerca de 3h e meia. Se quiser espreitar uma opção mais barata recomendo um voo Lisboa-Veneza pela Easyjet e depois pode contratar os serviços de transfer Connecto Transfer de Veneza a Pula (Croácia).

Alugar um carro na Croácia é fundamental. Esta é, sem dúvida, a melhor opção para percorrer as maravilhas que este país tem para lhe oferecer.

 

O QUE VISITAR

 

Pula

Optámos pela opção de voar pela Easyjet Lisboa-Veneza. No aeroporto em Veneza tínhamos à nossa espera um transfere da empresa Connecto Transfer para nos levar até Pula. Ficámos hospedados no lindo e simpático Hotel Velanera

Pula é uma cidade milenar, possui um conjunto riquíssimo de vestígios da época em que pertenceu ao Império Romano. A destacar o Anfiteatro, localmente mais conhecido por Arena, o Arco dos Sérgios e um lindo teatro. Todos estes monumentos datados da era Romana.

 

IMG_1245.jpg

Rovinj

Seguindo viagem sempre rumo ao sul, e a 40km de Pula, a paragem seguinte foi em Rovinj. Um centro turístico popular e com um ativo porto de pesca. Com apenas cerca de 14 mil habitantes é uma cidade muito charmosa. Recomendo uma volta pelo centro histórico, subir até à catedral de Sveta Eufemija pela Rua Ulica Grisia para apreciar a linda paisagem e um passeio junto ao Porto de Rovinj.

 

IMG_1294.JPG

 

Plitvice Park

Seguimos de Rovinj para Plitvice Park uma viagem que durou cerca de 3h e 15minutos.

O Parque Nacional dos Lagos de Plitvice é uma reserva florestal de cerca de 295 quilómetros quadrados no centro da Croácia. A sua beleza inigualável proporciona-nos a possibilidade de apreciar uma cadeia de 16 lagos unidos por cascatas. Existem vários passeios e trilhos de caminhada que circundam e atravessam a água. Lindíssimo.

IMG_1375.JPG

IMG_1366.JPG 

Onde Ficar

Hotel Plitvice Palace

Preços

O preço de 1 bilhete para 1 dia, para adulto, pode variar entre os 8EUR e os 20EUR consoante se trate de época baixa ou época alta. As crianças até aos 7 anos pagam 50% do valor do bilhete.

 

Zadar

Zadar fica a cerca de 134 quilómetros do Plitvice Park, ou seja, cerca de 1h e 45minutos de carro. Zadar é uma joia da costa central do Mar Adriático da Croácia, com mais de 3mil anos de história. Dos monumentos históricos às belezas naturais, a destacar a sua cidade medieval amuralhada. A forma mais fácil de circular pelas típicas ruas estreitas e por entre variadíssimas casas de pedra é mesmo a pé.

IMG_1423.JPG

IMG_1486.JPG

IMG_1493.JPG

Onde Ficar

Recomendo os lindos apartamentos Villa Diana Zadar

 

Split

Cerca de mais 2 horas de carro e chegamos ao nosso próximo destino, a cidade de Split.

Esta é a segunda cidade mais populosa da Croácia e, a partir de Split, é possível fazer ligação marítima com algumas outras ilhas de interesse na Croácia.

Esta é mais uma cidade repleta de história viva onde os seus tesouros se mantem incrivelmente bem preservados. O principal tesouro será, certamente, o Palácio de Diocleciano erguido a pedido do Imperador Diocleciano (245-313). Só para terem uma ideia, toda a estrutura do Palácio de Diocleciano, onde Diocleciano viveu os seus últimos dias, ocupa uma área total de 31 mil metros quadrados. Existem 4 portas de acesso ao Palácio.

Portão de Bronze ao sul, Portão de Ouro ao norte, Portão de Prata a leste e Portão de Ferro a oeste. Estes portões são excelentes pontos de referência numa área que mais parece uma minicidade, onde só é permitido trânsito pedestre.

IMG_1563.jpg

IMG_1542.JPG

IMG_1552.JPG

IMG_1577.JPG

IMG_1587.JPG

Onde Ficar

Recomendo vivamente a experiência de ficar alojado dentro desta minicidade.

Apartamento: UNESCO Heritage Site Double

 

Hvar

Depois da visita à bonita cidade de Split, com o seu belo Palácio de Diocleciano património da UNESCO, chegou o momento de apanhar o Ferry rumo a Hvar.

Car ferry da Jadrolinija Car ferry Jadrolinija . Esta foi a empresa que optámos para fazer a travessia de barco de Split para Hvar.

IMG_1590.JPG

Preço: Para 1 carro, 2 adultos e uma criança pagámos cerca de 80EUR.

 

Esta ilha do mar Adriático é bastante conhecida como instância de verão e muitas são as praias bonitas que aqui poderá encontrar. Ainda a destacar as suas belas muralhas do século XIII, a fortaleza no top da colina e uma bonita e muito agradável praça central assente junto à Catedral de Hvar da era renascentista.

IMG_1618.JPG

IMG_1668.JPG

IMG_1671.JPG

IMG_1919.JPG

IMG_1967.JPG

IMG_1729.jpg

Todas as praias que encontrámos ao longo da costa croata não tem areia, mas sim pequenas pedrinhas. Recomendo a utilização de calçado apropriado pois, de outra forma, pode ser um pouco desconfortável.

IMG_1942.JPG

Onde Ficar

Precisamente por Hvar ser considerada uma instância de verão optámos por um Resort junto ao mar. O preço é um pouco mais elevado, mas todas as comodidades do Resort compensam o investimento. Amfora Hvar Grand Beach Resort

IMG_2020.JPG

 

Praia de Zlatni Rat a melhor praia de Croácia

Zlatni Rat significa chifre dourado em croata. A praia, em forma de língua triangular, estende-se sobre o mar por cerca de meio quilômetro. Maravilhosa! Uma experiência a não perder.

Para chegar a esta praia deslumbrante basta ir até ao porto de Jelsa em Hvar e apanhar o barco para Bol. O bilhete custa cerca de 10EUR ida e volta. Aqui optámos por não levar carro e, quando chegámos a Bol, apanhámos um táxi até à praia. A travessia tem a duração de cerca de 30minutos e, para nosso deslumbramento, ainda foi possível avistar golfinhos.

IMG_1798.JPG

IMG_1815.JPG

IMG_1849.JPG

IMG_1879.JPG

Dubrovnik

Dubrovnik foi o último destino a visitar neste país maravilhoso que é a Croácia.

Pela sua beleza natural e urbanística, e pelo que representa para a história, Dubrovnik é conhecida como “a Pérola do Adriático”. As lindas muralhas que rodeiam esta cidade estão classificadas como Património Mundial pela UNESCO. Se estiver interessado em visitar as muralhas poderá fazê-lo, um passeio com cerca de 2 quilómetros e um custo de 17EUR por pessoa.

Para além de toda a parte histórica, muito bem conservada, a salientar ainda toda uma zona muito charmosa de cafés e restaurantes que poderá encontrar na parte antiga da cidade.

Se quiser tem ainda a possibilidade de subir de teleférico teleférico e tirar umas bonitas fotos panorâmicas desta cidade banhada pelas águas do mediterrâneo. A subida dura cerca de 10 minutos, e tem um custo de 20EUR por pessoa ida e volta.

IMG_2539.JPG

IMG_2553.JPG

IMG_2370.JPG

IMG_2509.JPG

IMG_2609.JPG

Onde Ficar

Para pernoitar nesta bela cidade escolhemos o hotel Valamar Dubrovnik President Hotel Hotel Valamar Dubrovnik President

 

OUTRAS INFORMAÇÕES ÚTEIS

População: 4.784.000

Capital: Zagreb: Quase um milhão de habitantes

Língua oficial: Croata

Moeda oficial: Kuna

Regime de entrada na Croácia: Pode entrar com o cartão de cidadão. Não é necessário passaporte para os portugueses.

Saúde: O cartão Europeu de Seguro de doença é aceite neste país. Através deste cartão terá direito a utilizar os mesmos serviços públicos de cuidados de saúde, nas mesmas condições e com os mesmos custos que os cidadãos croatas.

1 comentário

Comentar post